Dicas

Clubhouse: entenda como a nova rede pode ser interessante para o seu negócio.

Nas últimas semanas ouvimos muito falar sobre o Clubhouse. A nova rede social fez tanto sucesso e chamou atenção de diversos empresários, que acabaram participando de bate-papos por lá e contribuíram para o aumento da sua popularidade. No Google, a busca pelo aplicativo em fevereiro aumentou 9.900% (mesmo inacabado) em relação a janeiro. Ainda em […]

Grupo ATML

Grupo ATML

22 de fevereiro de 2021

Avalie este post

[Total: 0   Average: 0/5]

Nas últimas semanas ouvimos muito falar sobre o Clubhouse. A nova rede social fez tanto sucesso e chamou atenção de diversos empresários, que acabaram participando de bate-papos por lá e contribuíram para o aumento da sua popularidade. No Google, a busca pelo aplicativo em fevereiro aumentou 9.900% (mesmo inacabado) em relação a janeiro.

Ainda em fase de testes e disponível apenas para convidados usuários de iphone, o app conecta pessoas para conversarem através de áudio em salas abertas por anfitriões. Mas afinal, como as empresas podem surfar na onda dessa novidade?

Com a presença de personalidades e grandes empresários, o Clubhouse se torna uma excelente ferramenta para networking. Ao participar de salas com essas pessoas, é possível entender suas estratégias; saber como está o panorama do mercado e as perspectivas para os meses sequentes; além de ter ideias que possam ser aplicáveis para cada tipo de negócio. “O que mais me surpreende é o alto nível das conversas, a possibilidade de fazer conexões com profissionais da mesma área e acessar debates que antes você só veria em eventos de grande porte” – Explica Ana Graciola, Coordenadora de Marketing do Grupo ATML.

Também é possível participar das sessões como orador e fazer uma ligação entre a realidade da empresa e o tema da sala, gerando uma exposição da marca para um bom número de pessoas, como potenciais clientes e parceiros. Outra possibilidade é criar salas com temas que sejam relevantes para a empresa e sobre os quais se tenha um profundo conhecimento. Dessa forma o empresário se posiciona como especialista, ganha relevância em sua área de atuação e destaque como profissional. O velho e bom storytelling também não poderia ficar de fora, pois com a ferramenta em áudio, compartilhar histórias e desafios cotidianos soa mais pessoal e aproxima as pessoas. E você, vai ficar de fora?

Compartilhe

Comente

Leia também